08
set
2016

Como a alimentação pode potencializar os efeitos do treino?

Muitas pessoas acabam se frustrando, pois mesmo praticando atividade física com regularidade, não conseguem alcançar os resultados desejados. A frustração é um dos principais motivos para muitos desistirem de ir para a academia e manter o importante ritmo de treino.

Mas, porque será que isso acontece? Talvez você nunca tenha se perguntado ou analisado e a resposta para esta pergunta pode estar na sua alimentação pré e pós-treino.

Uma alimentação saudável e consciente é fundamental para alcançarmos a boa forma. A cada momento do dia, o nosso corpo pede um tipo de alimentação, ou seja, se estamos indo nos exercitar precisamos de um tipo de energia, já depois da atividade física, o organismo requer substâncias diferentes. Para que você fique por dentro de tudo e descubra como a alimentação pode potencializar os efeitos do treino, confira este post especial.

Considerações iniciais

Antes de estabelecermos o que deve ser consumido antes ou depois do treino, é fundamental que você faça a avaliação de algumas características. Primeiro você precisa estabelecer quais são os objetivos e o que você deseja atingir com o seu treino. Alguns querem ganhar músculos e obter a hipertrofia. Já outros desejam emagrecer e reduzir as medidas. Definir isso é importante, pois, o corpo requer alimentações diferenciadas para cada um destes grupos.

Outro aspecto importante é delimitar o horário do seu treino. A cada hora do dia, precisamos de uma quantidade de energia diferente, assim como os alimentos que costumamos comer também variam de acordo com o relógio. O tipo da atividade física que você vai praticar também altera o que você deve comer. Exercícios de baixa intensidade, não exigem uma reposição calórica alta, já os treinos intensos como o crossfit, requerem mais calorias.

A alimentação pré-treino

Antes de começar a suar a camisa, você deve ingerir carboidratos, pois eles são as maiores fontes de energia durante a prática da atividade física. Além de preservarem as proteínas, eles evitam a indesejada fadiga muscular. No entanto, você deve sempre dar prioridade aos carboidratos complexos. Isso porque eles liberam energia aos poucos para o organismo, evitando os picos e quedas de glicemia que atrapalham o rendimento durante o treino e, consequentemente, os resultados. Veja alguns dos alimentos recomendados para a alimentação antes de se exercitar.

  • Castanhas e frutos secos;
  • Manteiga de amendoim;
  • Cereais integrais;
  • Cacau;
  • Frutas de baixo índice glicêmico.

Alimentação pós-treino

Muita gente comete o grande equívoco de não se alimentar depois de praticar atividade física. Além de não ser saudável, esta postura atrapalha e muito a obtenção dos resultados desejados. Depois de se acabar na academia, você precisa repor as vitaminas, proteínas e minerais eliminados durante o treino.

Muitos acreditam que o foco neste momento deve ser o da ingestão de proteínas, limitando a alimentação aos shakes proteicos. No entanto, não podemos deixar o consumo dos carboidratos de lado. Quando acabamos uma atividade física, nosso corpo está acelerado e ao invés de absorver o carboidrato como gordura, ele irá utilizá-lo para repor as energias de maneira equilibrada.

Para aqueles que buscam a hipertrofia, o carboidrato pós-treino é fundamental no crescimento dos músculos. Já para os que querem emagrecer, o ideal é limitarem-se ao consumo de uma fruta.

É sempre importante lembrar que a alimentação saudável é a grande aliada da atividade física. Somando estas duas atitudes, você alcançará os resultados mais rápidos e um ritmo de vida muito mais saudável.

Ficou com alguma dúvida sobre a melhor alimentação para você? Entre em contato para que possamos ajudá-lo!

Cancelar